Inteligência emocional

Inteligência emocional é a habilidade de perceber, processar, compreender e gerenciar emoções. É a capacidade de saber lidar com elas! Na prática, a inteligência emocional caracteriza-se no melhor entendimento das emoções e em como essa conscientização pode nos ajudar a conseguir tomar as decisões necessárias para superar momentos difíceis.

O conceito de inteligência emocional foi popularizado por Daniel Goleman, psicólogo, escritor e PhD da Universidade de Harvard. O modelo de Goleman reúne um conjunto de competências e habilidades fundamentadas em cinco pilares:

  1. Autoconsciência: capacidade de reconhecer as próprias emoções;
  2. Autorregulação: capacidade de lidar com as próprias emoções;
  3. Automotivação: capacidade de se motivar e de se manter motivado;
  4. Empatia: capacidade de enxergar as situações pela perspectiva dos outros;
  5. Habilidades sociais: conjunto de capacidades envolvidas na interação social.

Na atualidade a inteligência emocional passou a ser indispensável para se obter uma carreira de sucesso. Segundo pesquisa realizada pela PageGroup, a habilidade mais procurada por empregadores é a inteligência emocional, por proporcionar vantagens como facilidade em se relacionar com outras pessoas, mais motivação e foco, melhor adaptabilidade, inovação, entre outras vantagens.

Desenvolver a inteligência emocional não é uma tarefa das mais fáceis, mas a prática constante de algumas atitudes ajudam, e muito, a fortalecer essa habilidade.

Exercitar a empatia é um ótimo começo! Lembre-se que cada pessoa é um ser único com experiências diferentes e opiniões próprias. Cada um tem sua visão de mundo e não necessariamente existe uma visão mais correta. Por isso, não julgue as pessoas! Tenha sempre em mente que cada um tem o direito de sentir e agir de forma diferente.

Seja assertivo ao expressar suas opiniões e necessidades. Saiba falar não quando preciso e expresse suas opiniões e críticas de forma construtiva, sem ofender as outras pessoas. É importante também ouvir os outros com interesse, mesmo que a opinião seja contrária a sua.

Autoconhecimento é fundamental! Além de ser tornar um ser humano melhor você vai aprender a controlar mais as suas emoções. Pode-se adquirir autoconhecimento através de práticas como a meditação, testes comportamentais, leitura, prática esportiva, diário, entre outras práticas. Aprofunde seus conhecimentos e tenha bons hábitos.

Tenha o hábito de planejar constantemente suas ações, estabelecer objetivos e criar novos projetos. Também é importante estar atento a mudanças e ter flexibilidade para alterar o plano sempre que necessário. Esse hábito vai manter sua mente ativa, saudável e aberta a novas possibilidades.

Por último, leia o máximo que você puder sobre o assunto. O livro Inteligência emocional: A teoria revolucionária que redefine o que é ser inteligente, de Daniel Goleman, é uma boa dica para começar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *